Já alguma vez ouviu falar em prostodontia? Esta área da medicina dentária tem como objetivo a substituição dos dentes perdidos através da colocação de próteses dentárias. A utilização de próteses permite assim restituir a função dentária e estética, devolvendo a saúde e a autoestima aos pacientes. Se possui próteses dentárias, fique a saber tudo sobre o tema e se está na altura de mudar a sua prótese!

Que tipos de próteses dentárias existem?

  • Próteses fixas – Também conhecidas como Protocolos Sobre Implantes, têm como função a substituição de todos os dentes através da colocação cirúrgica de quatro ou mais implantes dentários. As próteses fixas têm como objetivo restabelecer as necessidades orais básicas do paciente.
  • Próteses Removíveis – São utilizadas em casos de perda parcial de um ou mais dentes onde ainda existam remanescentes dentários. Têm como principal função devolver a função mastigatória ao paciente.
  • Pontes – As pontes são próteses dentárias construídas sobre o dente, com o objetivo de solucionar uma falha provocada pela deterioração de um dente. Funcionam como uma ponte entre o espaço onde existem dentes em falta e os dentes adjacentes.

 Substituir os dentes em falta irá, sem dúvida, melhorar a sua aparência e o seu sorriso. 

Além disso, as próteses dentárias atuais são feitas com material de qualidade, de forma a não provocar qualquer desconforto na sua utilização. Sem o suporte de uma prótese dentária, os músculos faciais ficam flácidos, tornando a aparência mais velha.

Quais as vantagens de colocar próteses fixas?

  • As próteses fixas, tal como o nome indica, estão fixas à gengiva, podendo apenas ser removidas pelo médico dentista. As próteses fixas constituem assim a melhor solução para substituir os dentes em falta.
  • Ao contrário das próteses removíveis, que têm de ser retiradas para higienização e que têm mobilidade, as próteses fixas sobre implantes são ajustadas à sua boca, de forma a criar uma harmonia com o resto do rosto.
  • Feitos de titânio puro, a sensação e o encaixe dos implantes dentários são muito semelhantes aos dos dentes naturais, tornando-se difícil distinguir, à primeira vista, se colocou ou não implantes.

Sabia que 59.8% dos portugueses utiliza prótese dentária superior e inferior?

Se está inserido neste grupo, deverá saber que tanto as próteses removíveis como as próteses fixas, requerem cuidados e manutenção regulares. No caso das próteses sobre implantes, tal como com os dentes naturais, não deve ser descurada uma higiene oral adequada, devendo manter-se as visitas regulares ao dentista.

Está na altura de escolher o melhor para a sua saúde oral.

 

Tome nota: O seu sorriso não deve ser removível!